Centro de Estudos Avançados em Segurança de Barragens (Ceasb)

Desde a sua construção, uma das prioridades da Itaipu é garantir a segurança da barragem e de todas as suas estruturas civis. Além do acompanhamento e monitoramento permanente de toda a estrutura, a Itaipu, em parceria com a Fundação PTI, passou a atuar no desenvolvimento de soluções estratégicas em segurança de barragens.

 

Por meio do Centro de Estudos Avançados em Segurança de Barragens (Ceasb), são realizadas pesquisas nas áreas de processamento integrado de dados, realidade aumentada, modelagem 3D, simulação, geotecnia, instrumentação e realidade virtual. Em 2014, o Centro contava com 31 projetos de P&D vigentes e os resultados desse trabalho já vêm sendo aplicados, o que tornou o Ceasb um importante instrumento de gestão do conhecimento para a Itaipu e referência para outras empresas do setor elétrico.

 

A área de concentração da modelagem 3D e simulação tem como objetivo modelar e simular estruturas civis e eletromecânicas (unidades geradoras), bem como o comportamento de escoamentos. Os modelos teóricos gerados são comparados com os resultados da instrumentação, visando avaliar a segurança das estruturas, por meio da identificação de tendências de comportamentos que possam comprometer a estabilidade estrutural. Esses resultados permitem identificar possíveis problemas, antecipando a tomada de decisão, que vai desde a realização de estudos mais aprofundados a intervenções necessárias. 

 

Em 2015, o Ceasb apoiou o desenvolvimento de um software de gestão ecológica para previsão de carbonatação, processo corrosivo do concreto que pode diminuir a resistência do material ao longo do tempo. Na mesma área, foi realizada uma análise matemática da fluência do bloco D-57, com o objetivo de criar um modelo matemático capaz de estimar a fluência para uma determinada época. Com essa informação, é possível conhecer a parcela de deformação da barragem causada por fluência.

 

A Itaipu possui em seus arquivos cerca de 300 mil documentos utilizados na fase de construção. A aplicação de ferramentas modernas de desenho 3D, utilizadas pelo Ceasb, permite uma consolidação de boa parte dessas informações, de maneira que se economize tempo em novos projetos e também em caso de tomada de decisão, pois o 3D facilita a consulta e o entendimento de uma estrutura ou equipamento. Já foram modeladas pelo Centro peças da Unidade Geradora, trechos da barragem de concreto, bem como outras estruturas civis da Usina, o que poderá auxiliar em projetos de modernização da Itaipu. 

 

Em 2015, entrou em processo de validação um protótipo do conceito de Monitoramento Estrutural utilizando maquete 3D, que permite o acesso a qualquer informação da instrumentação da barragem de Itaipu. Além disso, foram desenvolvidos softwares para análise estatística, monitoramento em tempo real da saúde estrutural da barragem de Itaipu e sincronização automática das leituras da instrumentação manual.

 
Outra entrega do Centro, na área de Geotecnia, foi a metodologia dos mapas de subpressão e das cotas piezomêtricas das feições geológicas da fundação da barragem, que é utilizada pela área da Engenharia da Itaipu. Para o aprimoramento dos estudos geotécnicos, foi implantado um laboratório de laminação nas dependências do Laboratório de Tecnologia do Concreto de Itaipu. Esse laboratório possui capacidade para confecção de lâminas delgadas de rochas e de materiais cimentícios.  Durante o ano de 2015, o Laboratório de Laminação do Ceasb, em parceria com o Laboratório de Tecnologia de Concreto da Itaipu, produziu mais de 60 lâminas de rochas. 

 

Também foi desenvolvida uma plataforma de treinamento utilizando game-engine, que tem como objetivo auxiliar os profissionais na manutenção dos instrumentos do sistema ADAS, que monitora a barragem. Para isso, é utilizado o game de desmontagem do extensômetro em 3D, com todos os passos do processo e funcionalidades de ajuda ao usuário.

 

Em 2015, o Ceasb executou 32 projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Usinas Hidrelétricas, em parceria com a Universidade Corporativa Itaipu (UCI). Com a aplicação dos resultados desse trabalho, o Centro já se tornou um importante instrumento de gestão do conhecimento para a Itaipu e referência para outras empresas do setor elétrico.

 

 

 

 

Vejam as traduções, preparadas pelo Núcleo Regional do Paraná e patrocinadas pela Itaipu Binacional, dos livros da ICOLD "As barragens & a Água do Mundo" e "80 anos - barragens para o desenvolvimento sustentável".

 

DAMS AND THE WORLDS WATER - traducao.pdf ( 11mb)
www.cbdb.org.br/publicacoes/DAMS_AND_THE_WORLDS_WATER_traducao.pdf

 

ICOLD 80 YEARS - traducao.pdf (7Mb)
www.cbdb.org.br/publicacoes/ICOLD_80_YEARS_traducao.pdf