Laboratório de Automação e Simulação de Sistemas Elétricos (Lasse)

 

O Laboratório de Automação e Simulação de Sistemas Elétricos em Tempo Real foi criado em 2007 com o intuito de atender demandas na área de energia, principalmente ensaios e simulações de sistemas elétricos e para apoiar o Plano de Modernização da Itaipu, visando a atualização tecnológica da usina.

 

A base tecnológica do Lasse é especializada na realização de testes e verificações do desempenho dinâmico de equipamentos e de sistemas associados à geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Operado pelo Instituto de Tecnologia Aplicada e Inovação (Itai), o Lasse presta serviços técnicos e tecnológicos para a Itaipu Binacional e para os demais agentes do setor elétrico.

 

- 26 serviços técnicos e tecnológicos prestados para empresas do setor elétrico, como Itaipu, Alstom, ABB, Ecil Energia, dentre outras.

 

O Lasse também atua no desenvolvimento de projetos de P&D nas áreas de Sistemas Digitais e Sistemas Elétricos de Potência:

 

- Registrador de Perturbações e Medição Fasorial (RPMF), em parceria com o ITAI:

Neste projeto o objetivo foi desenvolver um sistema de oscilografia para análise das perturbações que possam ocorrer durante a operação do sistema elétrico de potência da Itaipu. Utilizando arquitetura de hardware e facilidades de software de última geração, o RPMF é capaz de monitorar e registrar todas as perturbações do sistema elétrico, faltas de curta duração até fenômenos de longa duração; possibilitando a análise das causas e o estudo de procedimentos posteriores de manutenção e prevenção. Valendo-se do avanço das tecnologias digitais, o RPMF é capaz de fornecer medições fasoriais sincronizadas em tempo real, os chamados sincrofasores;

 

- Impacto de Geradores Distribuídos no Desempenho Dinâmico de Sistemas de Distribuição de Energia Elétrica, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP):

Foram desenvolvidos modelos de geração síncrona distribuída, levando em conta os transitórios eletromecânicos, capazes de avaliar o efeito do desequilíbrio sobre tais transitórios. Com o projeto, iniciou-se a estruturação da equipe de pesquisas no tema geração distribuída;

 

- Desenvolvimento de funções adicionais para dispositivos eletrônicos inteligentes de proteção de sistemas elétricos de potência, em parceria com a Universidades Federal de Campina Grande (UFCG):

Foram implementadas funções para dispositivos eletrônicos inteligentes de proteção, por meio do desenvolvimento de algoritmos em software livre, utilizando uma placa de circuito impresso para condicionar os sinais que alimentam o processador digital de sinais. As funções foram testadas na plataforma RTDS e o projeto foi submetido e aceito para publicação no Simpósio Brasileiro de Sistemas Elétricos de 2012;

 

- Modernização do Registrador Dinâmico de Perturbações (RDP), em parceria com o ITAI:

Este projeto de pesquisa teve por objetivo o desenvolvimento do módulo de Geração de COMTRADE automático e compartilhamento de arquivos por meio de FTP, em dois Registradores Dinâmicos de Perturbações instalados na Subestação da Margem Direita – Central Hidrelétrica Itaipu.