Programa de Turismo Sustentável

A Fundação PTI atua no desenvolvimento do Turismo Sustentável, por meio da articulação e fomento de ações voltadas à pesquisa científica e tecnológica, inovação e planejamento no turismo. Para isso, interage com atores internos, regionais, nacionais e internacionais.

Ações realizadas em 2012:

 

 - Diagnóstico Turístico de Foz do Iguaçu e da região Trinacional
A pesquisa partiu de uma metodologia de compreensão das relações socioeconômicas na formação do campo turístico e Foz do Iguaçu e região trinacional. Seu objetivo foi contribuir na compreensão de como se estabeleceu o processo turístico da cidade, em suas relações políticas, técnico-gerencial, social, cultural, e econômica. O trabalho, que teve início em abril de 2012, analisou mais de 80 documentos entre planos diretores, programas, estudos, projetos, relatórios, guias turísticos, artigos e inventários sobre o turismo na região. Além da realização de entrevistas coletando os relatos dos atores representativos do tema, resultou em um documento com mais de 220 páginas.

 

Os resultados proporcionaram a realização de uma análise sistêmica do turismo em Foz do Iguaçu; a construção de um campo turístico e de seu habitus e o conhecimento de como sistema turístico se desenvolveu na cidade e região trinacional.    O documento aponta 12 diretrizes para a atuação da FPTI e do turismo de Foz do Iguaçu para retomar um projeto comunitário e regional visando o benefício da totalidade dos envolvidos no turismo da cidade.

 


- Estudo da Demanda Turística
Ação realizada em conjunto com Secretaria Municipal de Turismo (SMTU), Secretaria Estadual de Turismo (SETU-PR), participação do Ministério do Turismo, Instituto Polo Internacional do Iguassu e  Fundação PTI-BR com o intuito de realizar uma pesquisa de demanda turística e criar uma nova base de dados sobre o perfil de turistas que buscam o Destino Iguaçu. O principal avanço nesse projeto foram as conexões institucionais e a realização da pesquisa. A coleta de dados foi realizada em três etapas distintas (nov-dez 2011), março de 2012 e julho 2012 e foram abordados mais de 19000 pessoas, gerando o perfil do turista que visitou Foz do Iguaçu no período (2011-2012).

 

 

- Projeto do Desenvolvimento do Turismo e Empreendedorismo na Região Trinacional do Iguassu
Convênio firmado entre a Fundação PTI e o SEBRAE Nacional para a realização de ações voltadas ao turismo e ao empreendedorismo. Das 15 ações propostas, três são de responsabilidade do Programa Turismo Sustentável, sendo que uma foi realizada em 2011 e duas realizadas em 2012, conforme segue abaixo:

Ação 1:  Diagnóstico participativo dos municípios da região Cataratas do Iguaçu & Caminhos ao Lago de  Itaipu

Sob gestão do programa Turismo Sustentável e execução técnica da empresa Educare e Instituto Polo Iguassu, o resultado final desta ação foi a obtenção de um diagnóstico sistêmico e participativo do reservatório de Itaipu, retratando a situação atual, suas potencialidades turísticas, principais gargalos e proposições de solução e desenvolvimento do turismo, sob um olhar técnico, mas principalmente de atores representativos do turismo na região. Os resultados foram apresentados para a Diretoria da Fundação PTI e diretoria geral da Itaipu Binacional.    

Ação 2: Evento de Inovação em Turismo

Visando a criação de ferramentas para o desenvolvimento do turismo dentro de áreas como empreendedorismo, gestão e originalidade dos projetos, foi promovido, em 2012, um seminário sobre “Criatividade e Inovação em Turismo”. Realizado em dois dias, ao todo foram 36 profissionais presentes e 44 perfis individuais mapeados. A metodologia utilizada foi a HBDI® ;

 

O Seminário de Criatividade e Inovação em Turismo proporcionou a formação de um grupo de lideranças empresariais e institucionais locais voltados à inovação no turismo. Para a consolidação desse grupo será necessária a continuidade do processo, com a realização de  outras atividades orientadas a inovação. De acordo com os resultados obtidos e a própria avaliação dos participantes, a realização do Seminário foi muito positiva e fundamental para a formação de um grupo voltado a inovação no Turismo.