Instrumentação e auscultação de barragens é tema de curso promovido pelo PTI-BR     

Barragem da Itaipu Binacional

Durante a capacitação, profissionais têm a possibilidade de compreender quais instrumentos e técnicas são utilizadas na instrumentação e auscultação de barragens, e de conhecer a barragem da Itaipu Binacional, in loco.  

Profissionais que atuam com instrumentação de barragens tiveram a oportunidade de participar, neste mês de julho, de uma formação oferecida pelo Parque Tecnológico Itaipu – Brasil (PTI-BR). A iniciativa teve como objetivo facilitar a compreensão das características dos diversos tipos de barragens. Bem como, a utilização de diferentes instrumentos utilizados na auscultação e monitoramento da segurança de barragens.  

O curso de instrumentação e auscultação de barragens contou com a participação de 15 alunos que puderam entender a importância da instrumentação e auscultação de barragens. Assim como, compreender a metrologia e procedimento de medição; a finalidade, funcionamento, instalação, operação e a manutenção dos diversos tipos de instrumentos de segurança de barragens. 

Ao todo foram três dias de capacitação, realizada entre os dias 20 a 22 de julho que somaram uma carga horária de 24h. Dessa forma, a grade do curso contou com aulas presenciais teóricas e duas visitas técnicas na Itaipu Binacional, uma com foco nos instrumentos da barragem de aterro e outra nos instrumentos da barragem de concreto. O curso foi ministrado por um consultor externo, além de profissionais do Centro de Estruturas de Barragens do PTI-BR, e contou com o apoio de Engenheiros e Técnicos da Itaipu Binacional para as visitas. 

Profissionais que atuam com instrumentação de barragens
                                              Participantes do curso de instrumentação e auscultação de barragens conheceram inloco a barragem da Itaipu Binacional.
Capacitação profissional 

O engenheiro civil, Tainã Borges de Santana Bomfim, saiu da Bahia e veio até Foz do Iguaçu para aprender sobre instrumentação de barragens. “Vou levar muita novidade e conhecimentos sobre o tema, o que tem de mais moderno na instrumentação e o que tem sido feito na usina de Itaipu”, contou. Sobre o curso, Tainã recomenda para todos os profissionais da área e para os alunos em formação que tem interesse entender como funcionam as barragens e toda a parte de gestão de segurança. “É uma ótima oportunidade para se tornar um profissional ainda mais capacitado e poder estar desenvolvendo o seu trabalho da melhor forma para a sociedade”, ressaltou o engenheiro civil. 

A técnica de segurança de barragens, Maria Fernanda Garrubo Bentubo, afirmou que adquiriu novos conhecimentos com a barragem da magnitude e complexidade que é a da usina de Itaipu. “Conseguimos tirar muitas dúvidas que tínhamos principalmente sobre instrumentação, leitura, entendimento e finalidade”, disse. Maria também indica o curso para todos que atuam com segurança de barragens. “Traz um entendimento muito grande e a troca entre os colegas é muito rica, porque são profissionais de diversos outros tipos de serviços. Conseguimos ter uma outra visão, trazer atualizações do mercado, trocar ideias e conhecimentos”, afirmou a técnica. 

De acordo com a gerente do Centro de Estruturas de Barragens, Alexandra Da Silva Belini, o objetivo da capacitação é apresentar aos profissionais conceitos importantes sobre a estrutura de barragens, manuseio de instrumento e interpretação de dados. “O curso propicia aos participantes, de forma prática, compreender a utilização de diferentes instrumentos de medição no processo de auscultação de barragens”, explicou. 

                                           Engenheiros e Técnicos da Itaipu Binacional apresentaram a barragem aos participantes do curso durante as visitas técnicas.

Tem interesse em receber informações sobre ofertas de novas turmas? Cadastre-se aqui! E acesse nossos cursos e treinamentos para ficar por dentro de todas as ações que realizamos aqui no PTI-BR!