Português

Conectando educação, pesquisa,

 

 

inovação e negócios

Ciclo de Palestras em Segurança de Barragens lota Centro de Treinamento da Itaipu

14/07/2017

Um dos palestrantes do Ciclo de Palestras em Segurança de Barragens, realizado na noite de quinta-feira (13), no Centro de Treinamento da Usina Hidrelétrica de Itaipu, o engenheiro civil e eletrotécnico Walton Pacelli de Andrade, diz ter ficado muito impressionado com os trabalhos do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), por meio do Centro de Segurança de Barragens (Ceasb), relacionados à erosão e reparos do concreto do vertedouro da Itaipu Binacional.

 

“O vertedouro de Itaipu talvez seja aquele que tem a melhor manutenção na linha mundial, porque não tem nada parecido com o que se faz aqui e a preocupação que existe aqui”, afirma Pacelli. O evento do qual ele participou foi promovido pela Itaipu, pelo PTI, por meio do Ceasb, e pelo Comitê Brasileiro de Barragens (CDBD).

 

A primeira palestra foi a de Pacelli, com o tema “Erosão e Reparos do Concreto de Vertedouros”. O engenheiro, que trabalha com investigação e pesquisa de materiais e controle de qualidade do concreto, além de prestar consultoria sobre tecnologia de concreto para 224 obras e empresas, comenta que vem estudando há tempos a temática da palestra e, ao conhecer o trabalho desempenhado pelo Ceasb, ficou surpreso. “Tenho impressão de que não existe nada parecido na literatura técnica mundial”.

 


O engenheiro eletrotécnico Walton Pacelli de Andrade apresentou casos de recuperação do concreto de vertedouros.

 

O engenheiro apresentou também alguns casos de recuperação, como da Usina Hidrelétrica de Marimbondo, no Estado de São Paulo, onde, na década de 80, foram recompostos, segundo ele, mais de 4 mil m³ de concreto. Ele também falou da recuperação da calha do vertedouro da usina de Furnas, em Minas Gerais, e dos reparos na usina de Santo Antônio, em Porto Velho, após um incêndio com duração de aproximadamente sete horas.

 

A segunda palestra do Ciclo foi ministrada pelo engenheiro civil hidráulico Corrado Piasentin, sobre “A Importância das Inspeções na Segurança de Barragens”, com exemplos de anomalias e acidentes. Corrado participou do projeto Itaipu desde 1971 e atualmente é responsável por atividades de auscultação para a segurança de cerca de 20 barragens, incluindo a elaboração do Plano de Segurança de Barragem PSB, realização de inspeções regulares e emissão de relatórios de análise da instrumentação.

 

O evento foi aberto ao público e transmitido por videoconferência para a sede de Itaipu em Curitiba.

 

Contribuição para as pesquisas do Ceasb

 

A gerente do Ceasb, Alexandra da Silva, afirma que a participação da equipe do Centro no Ciclo contribui com as pesquisas do Ceasb. A temática de inspeções de barragens, conforme ela, foi escolhida devido à importância fundamental no âmbito de segurança de barragens, e o conhecimento de Pacelli sobre erosão e reparos do concreto de vertedouros contribuiu com um trabalho desempenhado pelo Ceasb há mais de cinco anos.

 

O coordenador dessa pesquisa desenvolvida no Centro, o professor da Unioeste Rogerio Luis Rizzi, destaca que, para ele, fazer parte desse projeto significa uma oportunidade de fazer uma aplicação de real interesse da sociedade. “Na universidade fazemos muita 'pesquisa de prateleira'. É uma oportunidade de fazer algo que realmente utilize dados reais e volte em uma aplicação de real interesse para Itaipu, mas que a transcende e vai para outras usinas, para o Brasil. Alguém que tem os mesmos problemas vai poder usar a metodologia para resolvê-los”, comenta.