Português

Conectando educação, pesquisa,

 

 

inovação e negócios

Inscrições para a 8ª Semana Casimiro Montenegro Filho seguem até o fim de agosto

11/08/2017

Promover a cultura científica, com enfoque no campo da astronomia, é a proposta da 8ª Semana Casimiro Montenegro Filho, que segue com suas inscrições abertas até o dia 31 de agosto. Voltado para alunos do ensino fundamental e médio da rede pública de ensino da região, as atividades ocorrem nos dias 23 e 24 de outubro, no Polo Astronômico do Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

 

Realizada desde 2009, a Semana Casimiro tem o intuito de aproximar os jovens da ciência e da astronomia, além de incentivar o espírito empreendedor para pesquisa e desenvolvimento. As atividades incluem concursos culturais de desenhos voltados para os alunos dos ensinos fundamental I e II, e um concurso de quadrinhos para alunos do ensino médio. Os trabalhos finalistas serão premiados com brindes e kits do Polo Astronômico. 

 

O evento contará com uma palestra sobre “Os benefícios da exploração espacial no nosso dia a dia”, ministrada pelo youtuber Shwarza do canal Poligonautas, oficinas e lançamento de foguetes. Parte das ações do evento inclui estudos sobre o histórico do professor e aeronauta que o originou, cuja visão ampla e empreendedora impulsionou o incentivo à educação voltada para as ciências no Brasil. 

 

As atividades também auxiliam no desenvolvimento da escrita e criatividade dos jovens, conforme pontuou a monitora do Polo, Liliane Lorenzini Trabuco. “É um meio de desenvolver essas habilidades, além de estudarem um pouco sobre a história de Casimiro, pois tanto o desenho quanto a história em quadrinhos tem como temática a astronomia”, ressaltou.

 

A Semana Casimiro Montenegro Filho é uma iniciativa do PTI em parceria com o Núcleo Regional de Educação de Foz do Iguaçu (NRE) e a Secretaria Municipal de Educação de Foz do Iguaçu (SMED).

 

O PTI

 

Contribuir, de forma decisiva, para o desenvolvimento da região oeste do Paraná foi o grande motivador para a criação do PTI, em 2003, a partir da ampliação da missão da Itaipu Binacional. O PTI está instalado nos antigos alojamentos dos operários que construíram a Usina de Itaipu e, com um modelo de operação inovador, integra, em um mesmo espaço, instituições de ensino e pesquisa, entidades governamentais e empresas da iniciativa privada. Em parceria com instituições públicas e privadas, nacionais e internacionais, o PTI executa e apoia dezenas de iniciativas em diversas áreas do conhecimento, gerando soluções para a sociedade.