Transformar conhecimentos e tecnologias em

 

soluções para o progresso da sociedade

PTI e UDC sinalizam parceria para realização de projetos conjuntos

PTI e UDC sinalizam parceria para realização de projetos conjuntos

04/10/2019

O Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e o Centro Universitário Dinâmica das Cataratas (UDC) sinalizaram parceria para realização de projetos conjuntos que visem a sustentabilidade e o desenvolvimento da região. A parceria foi discutida durante a visita dos diretores e gestores do Parque Tecnológico ao Centro Universitário, na tarde desta quinta-feira (3).

 

Trabalhos de pesquisa e extensão da UDC foram apresentados aos diretores do PTI, que demonstraram interesse pela integração de projetos em áreas como agronegócio, turismo e cidades, energias e segurança de infraestruturas críticas, temáticas de atuação do Parque e que serão avaliadas para esta parceria.

 

Durante a reunião, foram apresentados os temas do PTI que podem ser trabalhados em conjunto com a UDC. Também participaram, o corpo de reitores do Centro Universitário

 

Um Protocolo de Intenções deverá ser assinado entre as instituições para formalizar a integração e servir de base para a tomada de decisões, a partir de agora.

 

O diretor superintendente do PTI, general Eduardo Castanheira Garrido Alves, apontou como positiva a parceria, sendo que o Parque poderá avançar em pesquisa e projetos de educação que podem contribuir para o processo de sustentabilidade do PTI, gerando riquezas para a comunidade e desenvolvimento da região.

 

“O Parque Tecnológico trabalha para gerir um ecossistema que envolve empresas, a academia e o setor público, e esse relacionamento com instituições de ensino nos permite criar oportunidades aos jovens, utilizando o que o PTI já tem e as potencialidades da UDC”, destacou o general Garrido.

 

O pró-reitor da UDC, Fábio Hauagge do Prado e o diretor superintendente do PTI, Eduardo Castanheira Garrido Alves

 

A UDC pretende utilizar da expertise do Parque Tecnológico para “somar forças”, como ressaltou o pró-reitor, Fábio Hauagge do Prado. “Esse é um momento de união, de trabalharmos para a integração, baixando custos e melhorando a qualidade dos resultados”, pontuou o pró-reitor.