Transformar conhecimentos e tecnologias em

 

soluções para o progresso da sociedade

Estação Ciências

Estação Ciências

O Programa Estação Ciências tem o objetivo de popularizar, disseminar e fortalecer a cultura científica por meio de práticas investigativas para o ensino das ciências. Em seus laboratórios, alunos do ensino fundamental e médio participam de atividades práticas e os professores conhecem formas de ensino que despertam o interesse para metodologias ativas e investigativas. Dessa forma, as ações fomentam a mudança no processo de ensino aprendizagem, a partir do incentivo à iniciação científica desde a base. O espaço também é utilizado por alunos de graduações, que desenvolvem materiais e experimentos didáticos para educadores, por meio de projetos de extensão acadêmica. 

 

 

 

Nos roteiros pedagógicos que ocorrem dentro do Parque Tecnológico Itaipu, os alunos do 1º ao 6º ano do Ensino Fundamental, têm a oportunidade de responder a questões do cotidiano baseados em atividades de observação, experimentação e investigação. Essas três habilidades baseiam a construção do pensamento científico. Entre os temas abordados estão tempo, alimentos, saúde, física, química, geografia, solos e sistema solar.

 

Os roteiros pedagógicos são construídos com base na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e no Currículo Básico para a Escola Pública Municipal da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP).

 

Agendar

 

Para agendar, identifique abaixo em qual nível escolar seus alunos se encaixam e as temáticas ofertadas para esses grupos. Por fim, envie um e-mail para ciencia@pti.org.br e verifique a disponibilidade para visita.

 

• 1º ao 3º ano
De onde vem o dia e a noite?

 

• 3º ano 
Unidades de medida e tempo.

 

• 4º ano
Roteiro Alimentação;
Roteiro Grande, Distante, Profundo: As Unidade de Medida;
Roteiro Descobrindo a Física.

 

• 5º ano
Roteiro Solos;
Roteiro Calculando;
Roteiro Descobrindo a Química;
Roteiro Luz Solar.

 

• 4º ao 6º ano

Luz Solar;
Onde moramos?

 

Ecomuseu e Refúgio

 

Em parceria com a Itaipu, através do Convênio Educação Ambiental, Ciências e Sustentabilidade, os educadores também realizam roteiros pedagógicos no Ecomuseu de Itaipu e Refúgio Biológico Bela Vista, utilizando esses espaços como pano de fundo para temáticas que remetem à reflexão acerca das problemáticas socioambientais e também para a construção do pensamento científico. Baseados em metodologias ativas - aprendizagem criativa e investigativa -,  os roteiros instigam os participantes a colocarem a mão na massa para realização de experimentos e construção de protótipos e maquetes, instigando sua criatividade, imaginação e cooperação, já que as atividades são realizadas em grupos. 

 

O roteiro pedagógico tem duração mínima de duas horas e atende a vários níveis escolares, já que as atividades e as informações são adaptadas conforme a idade dos alunos. 

 

Agendar

 

Os agendamentos ocorrem via e-mail cbena@itaipu.gov.br.

 

• 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental I
Por que as aves têm bicos diferentes?
Como as plantas caminham?

 

• 4º ano do Ensino Fundamental I ao Ensino Médio
A cultura da água;
As relações da vida.

 

 5º ano do Ensino Fundamental I ao Ensino Médio
Como se forma uma bacia hidrográfica;
Não tem mata, mas estamos na Mata Atlântica;
O solo do oeste paranaense.

 

 6º ano do Ensino Fundamental II ao Ensino Médio
Botânico por um dia.

A formação de professores “Metodologias Ativas para a Sustentabilidade” propõe a abordagem metodológica do ensino por investigação, como estratégia pedagógica para diversificar a prática dos professores no cotidiano escolar, fortalecendo atividades que propiciem o desenvolvimento da argumentação, a autonomia e a experimentação dos estudantes.

 

A formação é realizada em parceria com a Itaipu Binacional e ofertada a todos os professores de educação básica das escolas públicas de Foz do Iguaçu e região oeste do Paraná, que atuam na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Os professores elaboram atividades baseadas nesta metodologia, aplicam na escola com seus alunos e têm a oportunidade de participar de uma mostra com a exposição de seus trabalhos, fortalecendo a troca de experiências entre os participantes e enaltecendo a importância da atuação do professor no processo de ensino-aprendizagem.

A Feira de Inovação das Ciências e Engenharias (FIciencias), organizada pelo PTI junto com instituições de ensino superior - Unila, UTFPR, Unicentro, UEL, UEM e UFFS -, incentiva estudantes do Brasil, Paraguai e Argentina a utilizarem o método científico de pesquisa.  

 

É um espaço para estudantes - de escolas públicas e privadas - apresentarem ideias criativas e inovadoras, contribuir com o conhecimento e a evolução no mundo das ciências. A Feira é um local de integração e troca de experiências, aproximando estudantes e professores de Ensino Fundamental, Médio e Universitário, e oferecendo a possibilidade de discutir seus projetos com profissionais pesquisadores da comunidade científica.

 

A FIciencias visa promover a cultura científica, disseminar o método científico e a experimentação como ferramentas do conhecimento, estimular e incentivar os talentos em todas as áreas do conhecimento. Os melhores trabalhos são premiados com a oportunidade de uma Vivência Estudantil no Parque Tecnológico Itaipu.

 

FIciencias Kids

 

 

A versão Kids da FIciencias é composta por trabalhos de alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I de Foz do Iguaçu e de municípios que compõem a Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP). É uma feira de ciências com objetivos de atualização, fomento e desenvolvimento da cultura investigativa. Tal ação considera a importância da escola como promotora de desenvolvimento intelectual e social do sujeito e a integração dos anos iniciais em um mesmo ambiente, essencial para a criança em processo de formação e para uma mudança significativa no processo de ensino-aprendizagem.  

 

Muitos dos  trabalhos foram feitos após a participação dos professores na capacitação oferecida pelo Estação Ciências sobre a abordagem metodológica do ensino por investigação. Após a formação, eles aplicam em sala de aula os conceitos aprendidos e, na FIciencias Kids, têm a oportunidade de expor os seus trabalhos e compartilhar experiências. O evento também oferece espaço para trabalhos de professores que não participaram da formação, mas que realizam práticas diferencias e investigativas na escola.