O curso para pilotos de drones acontece mais uma vez no PTI-BR

instrutor do curso para pilotos de drones
No dia 15 de setembro aconteceu a 4ª edição do curso para pilotos de drones, no PTI-BR. Outras edições do curso estão programadas para o dia 22/09 e 13/10.

Regularmente, o PTI-BR cria cursos com o objetivo de melhorar a qualidade dos profissionais de Foz do Iguaçu e região. Assim, mais uma vez, o Centro de Ciência e Educação junto ao Tecnologias abertas ofereceram, nessa quinta-feira (15/09), mais uma edição do curso para pilotos de drones. 

Os interessados reconhecem a importância desse novo conhecimento na indústria, uma vez que os drones são utilizados, cada vez mais, em diversas áreas. Alguns exemplos do uso dessa nova tecnologia incluem o monitoramento de obras, de áreas de plantio, além da segurança pública e privada. Outros serviços também começam a ser facilitados com o uso de drones, como correios e outras entregas e, ainda, atividades artísticas como filmagem e fotografia. Portanto, é possível afirmar que a indústria ainda vai explorar bastante a profissão piloto de drones.

Como foi o curso para pilotos de drones
cursistas assistindo à aula teórica
Cursistas assistindo à aula teórica

O programa foi apresentado de forma teórica e prática. Tendo sido presencial, durou 8h, e apresentou aos participantes assuntos como legislação, operação e parâmetros de voo. Também fizeram parte da ementa o conhecimento de modelos de drones, de condições climáticas e suas aplicações práticas e comerciais.  

Alexsandro Rodrigues Pinheiro, o instrutor do curso, é expert na área e já participou do monitoramento de grandes obras, como a construção do Mercado Público e da segunda ponte entre Brasil e Paraguai. 

De acordo com Cleverson Lauermann, participante dessa edição, o curso superou as expectativas: “O curso chegou ao meu conhecimento pelas redes sociais, jornais. Me interessei pelo tema, vim atrás, fiz a inscrição e ele superou minhas expectativas. Não tinha nenhuma noção sobre o equipamento e sua aplicabilidade e o curso trouxe todo o aspecto da legislação, uso, questões de segurança. (…) Recomendo o curso, tanto para usuários que farão uso pessoal, quanto para quem pretende usar drones profissionalmente.”. 

Outro participante, Luiz Franco, afirmou que sempre teve interesse em conhecer o Parque Tecnológico Itaipu-Brasil e viu, no curso, uma oportunidade para isso: “Eu ouvia muito falar do PTI, mas não conhecia pessoalmente e para mim foi uma surpresa muito grande. Quando vi a oferta do curso, resolvi fazer uma experiência e, realmente, fiquei muito satisfeito, embora não trabalho no ramo, porque uso drones por hobby (…). Mas acho que aqui dentro, que tem profissões ligadas ao levantamento topográfico, à justiça, ou à engenharia, será de grande serventia”. 

Mais um resultado da parceria entre o Polo Iguassu e o PTI 

O Trilha Jovem Iguassu é um projeto do Polo Iguassu, que em parceria com o PTI, busca capacitar jovens para o mercado de trabalho. E o projeto teve importância para que o Senhor Luiz soubesse sobre o curso: “Fiquei sabendo através do e-mail. Eu tenho uma afilhada que fez o Trilha [Trilha Jovem Iguassu], e eu percebi uma mudança muito grande nela. Ela tem 16 anos e teve um desempenho muito grande, um desembaraço fantástico. E, como eu fiz parte da inscrição dela nisso, acho que meu e-mail ficou registrado e eu ‘ganhei de presente’ esse curso, que achei maravilhoso”.

O número de interessados foi tanto, que houve a necessidade de oferecer mais uma turma do curso para pilotos de drones nesta quinta-feira (22) e na segunda quinta-feira de outubro (dia 13/10). Esperamos que esse êxito também se repita nas próximas semanas!