7 Digital Tech comemora parceria de sucesso no projeto PIUE

914c15e8 9231 4b4f a9a1 720703612575

Projeto é uma parceria entre o Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), Itaipu Binacional, Sebrae, empresas e universidades da região. 

 

Beneficiando cerca de 200 alunos a ingressarem no mercado de trabalho, o Programa Integração Universidade e Empresa (PIUE) encerra sua 4ª edição. Uma parceria entre Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), Itaipu Binacional, Sebrae, empresas e universidades da região. 

Participante da quarta edição do Programa, a 7 Digital Tech Soluções Digitais comemora parceria com o Parque Tecnológico Itaipu, com programação voltada para a criação de soluções inovadoras, a fim de revolucionar o dia a dia do agronegócio. 

A empresa iniciou suas atividades em 2018 com grande experiência na criação e desenvolvimento de soluções digitais para empresas, proporcionando serviços personalizados com os melhores resultados e as melhores práticas do mercado digital. Especializada no desenvolvimento WordPress e Woocomerce, com sites institucionais, e-commerce e ferramentas multiprocessos como Gmetrix. 

 

Projeto Avetools 

 

O projeto contou com dois bolsistas do curso de engenharia de software, que estruturaram um banco de dados, definindo sensores e gateways (portais de comunicação) que serão utilizados em granjas, testando a ferramenta para medir amônia, em ambiente alinhado com a Coopavel. E trabalharam no envio das informações obtidas para a nuvem, por meio de API (Application Programming Interface) e Rapberry (“mini-computador”). 

Segundo a CEO da 7 Digital Tech Soluções Digitais, Rosemeire Silva Bueno de Lima, o projeto foi pensado para sanar os principais problemas de manejo em aves de corte. “O dispositivo tem função de auxiliar o produtor a incentivar o consumo de água das aves para o esvaziamento do trato intestinal no pré-abate e o manejo durante os dias alojados aumentando a conversão”, afirmou. 

Através do dispositivo de IOT, são capturados dados sensíveis da ambiência (temperatura, umidade do ar, concentração de amônia, consumo de água, consumo de ração/conversão e atividade na granja) que são enviados para rede, conectando produtor, técnico e indústria. 

De acordo com o bolsista, Leonardo Feliciano, a importância e objetivo do projeto é, além de captar os dados, mudar padrões do mercado de aviários de como conhecemos hoje. “Tem me proporcionado inúmeros momentos que eu não esperava. Tenho aprendido muito rapidamente, o que me fez estar muito mais adiantado do que a grade curricular da faculdade em si. É um mundo totalmente diferente, no qual é possível juntar o aprendizado à experiência”, disse.