Conectando educación, pesquisa,

 

 

innovación y negocios

CIBiogás

Centro Internacional de Energías Renovables – Biogás

O CIBiogás é uma instituição científica, tecnológica e de inovação que, em parceria com instituições como a Fundação PTI, realiza projetos relacionados a energias renováveis, com ênfase na promoção do desenvolvimento sustentável da cadeia do biogás.

 


 
O Centro conta com 11 unidades de produção de biogás, em pequenas e médias propriedades rurais e em cooperativas do Oeste do Paraná; e uma unidade em construção no Uruguai. O laboratório do CIBiogás, que analisa o potencial de produção de biogás usando diferentes matérias orgânicas como fonte de energia, está instalado no PTI. Em 2016, o espaço se tornou o primeiro laboratório de biogás do Brasil acreditado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) na norma ISO 17025, atendendo critérios exigidos mundialmente.

 

 

Em 2016 foram realizadas importantes ações em parceria entre CIBiogás e Fundação PTI:

 

 

Entre Rios do Oeste

 


Iniciado projeto em parceria entre Fundação PTI, CIBiogás e Copel, que vai interligar 19 propriedades suinocultoras e avicultoras da região de Entre Rios do Oeste por meio de um gasoduto de cerca de 22 quilômetros. Os dejetos animais desses espaços serão tratados, transformando um agente poluidor em biogás e biofertilizante, possibilitando o comércio e obtenção de renda adicional aos produtores. 

 

 

Unidade de Produção CIBiogás

 


Concluída a implantação dos principais equipamentos de um complexo industrial, dentro de Itaipu, para o tratamento de biomassa composta de parte do esgoto produzido na Usina, resíduos orgânicos dos restaurantes localizados dentro da Itaipu e dos restos de poda de grama. O biogás gerado será refinado e transformado em biometano, usado como gás de cozinha e biocombustível. No primeiro trimestre de 2017 deve ser concluído o comissionamento dos equipamentos e instrumentos da planta e, em seguida, iniciada a operação experimental. 

 

 

Mobilidade a Biometano

 


O biometano, produzido a partir de dejetos de animais e resíduos da agricultura na Granja Haacke, é comprimido em cilindros e transportado até o posto de abastecimento na Itaipu Binacional, onde é abastecida parte da frota de veículos da hidrelétrica, que encerrou 2016 com 59 veículos movidos a biometano – um aumento de 37% em relação ao ano anterior. Até agosto de 2016, o posto funcionava no PTI. 

  • 8.565 m³ de biometano (produção aproximada por ano)
  • 934 abastecimentos
  • 12 km/m³ rendimento médio dos veículos abastecidos com biometano

 

Eletrobras/CERON 

 


Desenvolvimento de um sistema de monitoramento remoto aplicado às plantas de microgeração de energia distribuída, para permitir a coleta e armazenamento de dados de produção e acompanhamento online do desempenho das unidades. Os estudos serão realizados na planta de geração mista (biogás e fotovoltaica), em Foz do Iguaçu, e na planta de geração fotovoltaica em Porto Velho (RO). O projeto foi iniciado em 2016, e os principais resultados foram: definição dos requisitos do sistema, elaboração do projeto de automação das plantas, determinação das áreas de instalação, permissão para interligação do sistema de geração com a rede elétrica, licitação dos materiais e equipamentos e participação em eventos técnico-científicos. 

 

 

Ensino a Distância

 


Foram oferecidos cursos sobre Gestão Territorial e Energias do Biogás – em português, inglês e espanhol – para 275 alunos de 25 países.

 


 
Eventos 

 


Em maio, foi realizado, no PTI, o Seminário Promovendo o Uso do Biogás e do Biometano no Brasil, em parceria com a Itaipu, Agência de Desenvolvimento Austríaca/ADA e Spirit Design. Em novembro, foi realizado, também no PTI, em parceria com Spirit Design, Boku University, Technical University of Vienna And Austrian Energy Agency, Treinamento sobre Conceitos Básicos e Técnicos para Refino do Biogás.

 


 
Parceiros: Itaipu Binacional; Fundação Parque Tecnológico Itaipu; Eletrobras; Eletrobras-Cepel; Copel; Compagás; CTGAS-ER; Fiep; Faep; Prefeitura de Toledo; Secretaria do Estado da Agricultura e do Abastecimento; Iapar; Onudi; FAO; Sebrae e Cooperativa Lar.